A NOVOTECNA é uma associação sem fins lucrativos que tem como associados, o IAPMEI, grande parte das associações empresariais da Região Centro (NERLEI, AEBB, NERGA, CEC/CCIC, ACILIS, AEA, AEMITEQ AICP, AIRV, JADRC), entre outras organizações, e tem como fins estatutários o desenvolvimento da investigação, inovação e formação tecnológica na Região onde se insere.

Estas acções de formação desenvolvem-se nas áreas das novas tecnologias, em áreas estratégicas de desenvolvimento, utilização de novas tecnologias em indústrias nacionais, aproveitamento e utilização de recursos naturais e matérias-primas, gestão de energia nas empresas e formação em gestão empresarial.

Prossegue fins de interesse geral, desenvolvendo a sua actividade especialmente na área da educação, ciência, empreendedorismo, inovação e desenvolvimento económico.

Trata-se de uma entidade dinamizadora de uma Escola Tecnológica, possuindo os meios humanos e materiais adequados aos objectivos que desenvolve. Nesta infra-estrutura, a NOVOTECNA forma técnicos com perfil adequado ao desempenho das funções de quadros intermédios e especialistas em áreas tão diversas, como 521, 522, 523, 524, 862, 851, 347,
580 e 481 contribuindo para a institucionalização de um sistema de aperfeiçoamento contínuo dos profissionais das diferentes actividades económicas; forma activos empregados e
desempregados, eleva os níveis de qualificação; proporciona os mecanismos de aproximação
entre a Escola e o mundo do trabalho, nomeadamente através da planificação e realização de estágios em empresas ou instituições de investigação das especialidades; estimula a transferência de tecnologia através da colaboração empresarial; promove a cooperação com instituições nacionais e estrangeiras que prossigam objectivos afins.

Sublinha-se, neste último contexto, o papel que a NOVOTECNA tem desempenhado numa actividade tão fundamental como seja a formação tecnológica de jovens que pretendem uma especialização de nível V, garantindo-lhes uma qualificação profissional, habilitando-os para uma actividade em particular. Por outro lado, responde a necessidades especiais das empresas que carecem de mão-de-obra qualificada, colmatando com factores dinâmicos de competitividade a necessidade de actualização em novas tecnologias e domínios de saber.

Missão e objectivos

A NOVOTECNA tem como missão o desenvolvimento da investigação, inovação e formação tecnológica na região onde se insere. Tem desenvolvido a sua actividade essencialmente através da Escola Tecnológica, formando e lançando para o mercado de trabalho centenas de jovens e adultos em áreas de especialização técnica e tecnológica de nível intermédio com uma procura crescente no mercado empresarial, sendo que até ao presente estas acções de formação se desenvolveram essencialmente com o objectivo de formar pessoas/ técnicos com perfil adequado ao desempenho das funções de quadros intermédios e especialistas em empresas já instaladas e com pergaminhos no mercado. Exerce pois a sua actividade em estreita ligação com o tecido empresarial da região onde se insere, promovendo cursos de nível V da UE, com estágio integrado em empresa, garantindo a adequação da formação ministrada às reais necessidades do mercado de trabalho. O principal reconhecimento do trabalho desenvolvido pela Associação verifica-se nos índices de empregabilidade dos formandos, que ronda os 85%. Outro factor de sucesso é evidenciado pela constante procura, por parte dos empresários da região, de formandos diplomados oriundos da NOVOTECNA, promovendo a sua mobilidade. Uma segunda vertente, passa pelo fomento do ambiente e as condições de suporte adequadas à consolidação de ideias ou negócios existentes pela partilha de equipamentos tecnologicamente evoluídos, e em particular na criação de

empresas e/ou negócios próprios, dispondo de um espaço onde os empreendedores podem iniciar e/ou dinamizar a sua actividade profissional por conta própria, apoiando-os na criação e no crescimento das suas empresas, oferecendo um ambiente favorável para o seu desenvolvimento e consolidação, designadamente, pelo apoio na estruturação e gestão do negócio, pelo estímulo na criação de parcerias, pela gestão de redes de conhecimento, pelo acesso à investigação e desenvolvimento transversais às entidades parceiras, pelos serviços comuns e canais disponibilizados ao negócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *