A NERC – Associação Empresarial da Região de Coimbra é uma associação sem fins lucrativos que tem como associados, pessoas singulares ou colectivas que exerçam ou representem na Região de Coimbra qualquer actividade de natureza económica ou que tenham interesses ligados à vida económica.

Objeto social

O objecto social da NERC assenta na promoção e desenvolvimento das actividades económicas do distrito de Coimbra, considerando os domínios: técnico, comercial e associativo, tendo ainda em mente a necessidade de assegurar uma participação de crescimento exponencial em matéria decisiva e programática no que diga respeito às empresas e região, trabalhando, uma vez mais, de acordo com uma lógica de proximidade e de cooperação.

Tendo como objectivos promover o desenvolvimento das actividades económicas da respectiva região nos domínios técnico, económico, comercial e outros na óptica do associativismo e, em especial, assegurar aos seus associados uma crescente participação nas decisões e nos programas que com essas actividades se relacionem, bem como representar os seus associados e assegurar a sua representação em todos os organismos, privados e públicos, que, por lei ou convite ou inerência, lhe seja atribuída. Para levar avante estes objectivos, propõe-se a desenvolver os seguintes aspectos: promover o estudo de todas as questões que se relacionem com os seus objectivos, desenhando as soluções ou propostas de solução da forma mais vantajosa; dinamizar a actividade associativa da região e incrementar o espírito de solidariedade e de apoio entre os seus associados; organizar e manter serviços de interesse para os seus associados, prestando adequada informação, apoio técnico e de consultadoria, designadamente na área da formação; organizar certame, conferências, colóquios, cursos ou quaisquer outras manifestações que contribuam para a realização dos seus objectivos e valorização dos seus associados e tecido empresarial da região; cooperar activamente com entidades, públicas e privadas, nacionais e estrangeiras, em tudo o que contribua para o harmónico desenvolvimento regional; filiar-se em associações, confederações e organismos congéneres nacionais de acordo com as necessidades de realização dos seus objectivos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *