Projeto E-Coimbra

O “E-Coimbra – A China à distância de um clique” é um projeto aprovado pelo Centro 2020, na área da Internacionalização, financiado pelos fundos europeus.

Este projeto ”pretende dar resposta à necessidade de criar ferramentas e mecanismos de apoio ao processo de internacionalização das empresas, designadamente para o mercado chinês, de sectores com potencial exportador para aquele mercado.A componente central deste processo será uma plataforma de comércio eletrónico, que irá ligar em rede as empresas e os mercados alvo. Permitindo a entrada de empresas da Região Centro, dando primazia às empresas da Região de Coimbra, no mercado chinês a custos reduzidos, por evitar a necessidade de infraestruturas físicas. Para além da plataforma de comércio eletrónico, haverá um conjunto de ações concretas de capacitação dirigidas às empresas sobre as características particulares dos mercados chineses (características económicas, psicológicas e sociológicas), que lhes permitirão compreender melhor as peculiaridades destes, contribuindo para uma estratégia de internacionalização sólida e eficaz, com vista à obtenção de resultados concretos e mensuráveis, assegurando que os objetivos propostos sejam alcançados.

O E-Coimbra nasce da parceria da NERC – Associação Empresarial da Região da Coimbra, com a NOVOTECNA – Associação para o Desenvolvimento Tecnológico, a JADRC – Jovens Associados para o Desenvolvimento Regional do Centro e a AEMITEQ – Associação para a Inovação Tecnológica e Qualidade.

O Projeto E-Coimbra resulta do reconhecimento que a China congrega um potencial muito significativo para o crescimento das empresas e sectores da região Centro, na medida em que o mercado chinês tem aumentado as importações quer de Portugal, quer dos sectores alvo deste projeto. A China é a segunda maior economia mundial, apresenta taxas de crescimento do seu PIB muito elevadas e consistentes ao longo dos últimos anos e tem uma massa populacional única no mundo (cerca de 19% da população mundial), onde a classe média assume cada vez maior relevância em termos de potencial de mercado para as empresas portuguesas. Acresce, ainda, o reconhecimento de que os processos de internacionalização física das empresas, sobretudo para mercados longínquos, obrigam a níveis de investimento que a maioria das empresas não consegue suportar. Ao mesmo tempo, é também conhecido o enorme crescimento que o comércio eletrónico tem registado nos últimos anos, assim como o aumento da facilidade e fiabilidade de operacionalizar este tipo de transações comerciais, aproveitando também o facto de a China ser a líder mundial do mercado de comércio eletrónico, tendo as vendas online ultrapassado, em 2013, os 5,7 mil milhões de dólares e sendo as previsões de crescimento muito elevadas. Em Portugal, o comércio eletrónico está também em grande desenvolvimento e atingiu no ano passado os 50 mil milhões de euros.

One thought on “Projeto E-Coimbra

  1. Pedro V. diz:

    Parabéns pela iniciativa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *